Sete pecados. Sete demônios. Sete contos. Três cadernos escritos à mão em língua estrangeira. Um sebo. Um tradutor. Some tudo isso e o resultado será uma viagem do presente no Rio de Janeiro ao passado no leste europeu.

Quase esqueço de mencionar, com sete paradas no inferno.

images.livrariasaraiva.com.br

O livro curto permite a leitura rápida e imersiva. Prefácio e posfácio amarram os sete contos com detalhes que fazem o leitor acreditar que tudo foi real.

Sangue transborda pelo texto, respinga em páginas amarelas e colore ilustrações que retratam a carnificina narrada.

bbb

O gélido vilarejo aguarda sua visita. Raphael Montes colocará você de mãos dadas com Elfrida para um passeio sem volta. A propósito, guarde bem esse nome, vou repetir: Elfrida. Será útil saber o nome do rosto que nunca mais sairá de sua memória.

 


Ficou curioso? Gostou? Quer saber mais?

Convidado por Matheus Salfir, participei da gravação do podcast Diário de Livreiro sobre “O Vilarejo”. Um episódio inteiro falando de nossa experiência ao ler o livro. Para ouvir clique aqui. (Contém spoilers)

rrrr