Bom dia povo! Tudo bem com vocês?

Hoje eu vou começar um novo projeto aqui do blog com autores do wattpad! Muita gente tem suas dúvidas com relação ao uso da plataforma e eu pensei que a melhor forma de trazer alguma luz sobre isso seria trazer os próprios autores aqui!

Vou fazer dessa uma série de entrevistas com autores do wattpad, cada um contando um pouquinho da sua história e mostrando seu ponto de vista dessa plataforma.

E a primeira autora que escolhi é a Lúcia Lemos, ilustradora e vencedora do Wattys 2016 na categoria narrativa visual com o seu livro Aika – a Canção dos Cinco!

A Lucia faz bastante sucesso no wattpad e mistura sua narrativa bem descritiva com ótimas ilustrações no estilo mangá.

Bem, vamos as perguntas ^^ :


Lúcia, você é ilustradora, e isso aparece nos seus livros. Além disso, você acha que a noção espacial da ilustração melhora também o seu texto de alguma forma?

R: Acredito que ajude nos momentos de construção dos cenários e descrições mais detalhadas. Tudo na minha mente surge como uma espécie de filme de animação, com direito a trilha sonora (risos). E é divertido descrever como vejo e ajudar o leitor a construir as imagens comigo.

Quais são os autores que te inspiraram a escrever? Tem algum autor brasileiro que influencia no seu trabalho?

R: Acho que o que mais me influenciou em narrativa de livro foi o David Almond, com o livro Skelling (que ninguém conhece…), depois o Christopher Paolini com Eragon, J K Rownling, Tolkien e minhas deusas, a Lian Hearn (autora de “A saga Otori”) e a Úrsula K le Guin (autora do “Ciclo do Terramar”), essas duas últimas são as que mais me influenciam atualmente. Quanto a história, creio que minhas maiores influências são os autores de mangás e animes, em especial a Rumiko Takahashi, o grupo CLAMP e o Ghibli. Uma autora nacional que além de me influenciar um pouco, é minha grande mestra em tudo, é a Luciane Rangel, autora de muitos livros incríveis, como o “Destinos de Papel”.

Como você consegue conciliar a escrita com outras coisas, como trabalho, estudo…? Você tem alguma rotina para escrever?

R: É bem complicado, principalmente quando os trabalhos de faculdade começam a se intensificar. Com Aika, dei a “sorte e azar” de escrever o livro e ilustrá-lo durante um período de greve (os males da UFRJ…). Atualmente estou trabalhando apenas como freelancer junto a faculdade, então tento escrever algumas páginas por dia, pelo menos uma hora. Não é fácil, ainda mais agora que saí da casa de meus pais (risos). Mas estou tentando manter o ritmo, para não perder nem a prática e nem os meus prazos pessoais. Quero terminar o livro 2 da saga Aika até o final do ano, e acho que estabelecer uma data é uma ótima forma de se disciplinar. Foi assim que fiz com o livro 1: devo escrever x páginas por dia até o dia y no horário z. Gosto muito de escrever de manhã, bem cedo, mas antes escrevia de madrugada, quando ninguém me atrapalhava e todos dormiam. E tenho sempre um bloco de anotações no celular ou programa de gravação de áudio, para guardar “aquela ideia que surge do nada no meio do trânsito ou da aula”.

A associação básica de uma ilustradora/escritora: Já pensou em fazer um mangá/quadrinho de suas histórias?

R: Sim! Cheguei até mesmo a cogitar desistir de Aika como saga de livros e fazê-la todo em mangá, porém, como a história se tornou muito complexa e longa, achei melhor manter como livro misto. Isso me permitia criar ilustrações com mais qualidade e mais artes para divulgação – fora, que eu amo escrever. A decisão final disso foi quando fiz um capítulo em mangá, que foi o “13” do livro 1, durante uma das disciplinas da faculdade. O objetivo era produzir um quadrinho de até 16 páginas, e foi com a dificuldade de desenvolvê-lo que decidi seguir o projeto como livro. Mas deixei ele como um especial, uma versão expandida da história. E claro, pretendo fazer mais quadrinhos/mangás. Quero que o próximo projeto depois de Aika seja em quadrinhos.

aika (1)

Qual o maior desafio que você encontra ao tentar escrever uma história? E como você acha que é possível superá-lo?

R: Meu maior desafio é o domínio da língua, de narrativa. Gostaria de ter mais tempo para poder estudar mais, aprender a escrever melhor e cometer menos erros de ortografia e construção. Talvez outro problema que eu tenha seja o encadeamento de ideias… eu tenho muitas ideias, o problema é juntá-las. Creio que com a prática, conseguirei superá-los – e claro, lendo mais.

aika (3)

Agora, falando mais sobre o Wattpad:

Como você lida com a publicação por capítulos do wattpad? Você vai criando a história conforme escreve, sempre ligada no feedback das pessoas? Ou você escreve a história completa e vai postando aos poucos?

R: Eu prefiro terminar tudo antes de postar, para caso eu mude de ideia, não ter que excluir nada. Escrever é reescrever, então acho melhor fazer isso sem ninguém acompanhando, até para fins de registro – o wattpad infelizmente, conta com muitos casos de plágio e preciso me resguardar. Isso também me dá mais tempo para fazer as ilustrações, que costumam a ser demoradas. Aika mudou muitas vezes e seria um caos ir postando os capítulos enquanto escrevia (eles viviam mudando de nome…). No caso do livro 1, depois de postado no wattpad, houve uma mudança drástica no começo devido ao feedback das pessoas, em que muitos reclamaram do começo excessivamente longo e descritivo. Então, mesmo registrado e concluído, optei por reescrever o antigo prólogo e capítulo 1, o que acabou sendo ótimo. Acompanho o feedback dos leitores ainda e já tenho em mente o que preciso tomar cuidado e dessa vez, creio que no 2 não cometerei tantos erros. Manterei o plano original de terminar tudo antes de postar.

Como você divulga o seu trabalho atualmente? Você mudou a forma de divulgá-lo com o passar do tempo?

R: Atualmente, não tenho divulgado a versão do wattpad tanto quanto antes, e sim a versão da Amazon, que está com capítulo, cenas e ilustrações extras. Antes, eu procurava pessoas com interesse em fantasia e em animes e mangás, mandando mensagens no perfil delas (nada no privado, pois acho isso muito invasivo). Observava como os grandes escritores do wattpad faziam e tentava imitá-los. Depois, criei um mini-blog no wattpad mesmo e participei de um concurso de contos, o que ajudou a alavancar o número de leituras. Descobri recentemente o instagram como uma ótima forma de divulgação e as resenhistas de blogs. Agora, alterno as divulgações do wattpad com a Amazon, embora, desde que o livro ganhou o The Wattys, não sinto mais tanto a necessidade de ir atrás de leitores. O que, de certa forma, me possibilitou mais tempo para escrever.

O que você aprendeu durante esse tempo que teria te ajudado muito no início?

R: Que eu não deveria ter começado com uma saga (risos). Sério, contos e crônicas rápidas são muito melhores para exercitar a escrita e conseguir feedbacks, literalmente aprender com mais facilidade e poder se corrigir. Fora que a carga de responsabilidade é menor. Também queria ter conhecido o instagram antes, talvez Aika tivesse ganhado mais visualizações.

E como é sua relação com seus fãs e com a comunidade do wattpad? Você participa ativamente de alguma comunidade (como grupo de facebook ou wattsapp) ou só mantem conversas nos comentários e com pessoas específicas?

R: Tenho uma relação muito linda com meus fãs! Tento respondê-los o mais rápido possível, tentando não demorar mais de uma semana. Tenho tido leitores maravilhosos e com comentários divertidíssimos, são a melhor parte do wattpad. Antes, eu era mais ativa nos grupos do facebook, porém, estou tendo que participar menos atualmente. O que fiz foi estabelecer um dia de contato: sexta-feira é o dia de Aika, quando posto notícias e coisas legais na página oficial, e é o dia que tiro para responder todos e cuidar da divulgação. A razão disso é por conta da história do livro, onde sexta-feira era uma data especial para a protagonista Aika. Acho que ajuda a lembrar aos leitores de virem conferir as novidades na página.

O seu livro tem uma boa visualização do wattpad e ganhou o wattys 2016 de narrativa visual, e isso dá um prestígio maior. Está à procura de alguma editora, prefere partir para a auto publicação ou vai continuar apenas no wattpad?

R: Bom, um pouco de tudo! Estou procurando uma editora para me ajudar desde que terminei Aika, por volta de outubro de 2015. Mas todas que me responderam pediam valores inconcebíveis para publicá-lo. Como muitos leitores me pedem a publicação impressa, decidi juntar dinheiro para publicá-lo eu mesma. Acabou que isso aconteceu em concomitância com uma oportunidade de participar da Bienal do Livro de 2017 aqui no Rio de Janeiro, então vou experimentar fazer uma pequena tiragem de Aika. Se tudo der certo, farei outras tiragens e isso servirá para atrair atenção das editoras. Se ninguém me quiser, seguirei solitariamente (risos). É o jeito… Provavelmente postarei o livro 2 no wattpad também, nem que seja uma parte. Contudo, uma editora seria de grande ajuda e torço para que alguma apareça logo.

E a pergunta mais clichê possível para terminar: Quais são seus futuros projetos como escritora?

R: Tenho já duas ideias de histórias, uma em quadrinhos e uma em livro para depois do término da saga Aika, além de mais especiais da saga. Mas o projeto mais próximo, é meu trabalho de TCC: um livro infantil ilustrado sobre uma antiga lenda de dragões, todo em aquarela. Se tudo der certo, irei publicá-lo em 2018. É só a minha faculdade voltar a ter aulas…

Gostaria de agradecer imensamente a oportunidade de estar aqui, pois gosto de acompanhar o blog e é sempre uma honra poder dar uma entrevista ou ganhar um espaço para falar sobre minhas obras ^^. Fico feliz que os autores nacionais estão começando a ganhar espaço e espero que as coisas continuem melhorando assim. Espero que tenham gostado e parabéns pela inciativa ❤ Quanto as considerações, quero deixar uma mensagem para quem está começando, principalmente no wattpad: Não desistam! O wattpad é um ótimo lugar para começar como autor, a aparecer, mostrar o que sabe, trocar experiências e fazer grandes amigos! Sei que ficamos ansiosos para ter muitas visualizações, porém, isso só vem com tempo e paciência u_u (acreditem, eu sou muito ansiosa, mas agora vi que a espera valeu super a pena). Ouçam o que seus veteranos dizem, estudem sobre a língua e escrevam por prazer, isso é o mais importante! Acreditem, como diz a eterna Sakura Kinomoto: vai dar tudo certo!


Se vocês quiserem saber mais do trabalho da Lúcia, temos:

Aika no Wattpad

Aika expandido na Amazon!

O seu blog gattainosekai.blogspot.com

aika (2)

E tem também o trabalho show dela como ilustradora, só dar uma olhada:

Lucia Lemos Art no facebook!

E ela também participou do excelente Podcast Diário de um Livreiro, vocês deviam ouvir!

DDL#4 – Entrevista com Lúcia Lemos