Recentemente eu decidi resenhar livros de RPG e livros-jogo aqui no Blog também. Como a Taverna é focada em literatura, resolvi deixar essas resenhas como um “conteúdo extra”, ali em um cantinho sem incomodar muito XD. Imagino que a maioria do público mais recorrente aqui nunca tenha jogado nada, então esse conteúdo não vai interferir na programação normal do site.

   Para ajudar todo mundo que queira saber mais sobre essas duas categorias eu fiz um post de referência aqui com o único objetivo de falar o que é RPG e os livros-jogos, e dar dicas para quem quer começar nesses mundos. ^^


RPG

rpg

     RPG (o tradicional, “de mesa”) é um jogo de interpretação. O formato mais conhecido é um grupo de amigos jogadores e um deles é o narrador (Também conhecido como mestre, o nome costuma variar dependendo do sistema jogado). Existem RPGs de todas as temáticas possíveis, desde o clássico medieval, até jogos modernos com vampiros, lobisomens, super-heróis, espionagem, etc. A ambientação é limitada só pela sua imaginação, mas todos têm mais ou menos os mesmos princípios básicos.

     Cada jogador tem o controle das ações do seu próprio personagem, decide aonde ele vai, quem ele vai atacar, o que ele vai dizer etc.

     E o narrador é quem irá controlar tudo além dos personagens. Ele determinará como as outras pessoas do mundo vão agir, os acontecimentos que não tenham a ver com os personagens, se vai chover ou não etc. É dele a função mais importante, e a que mais se aproxima de um escritor. Ele cria e mantém a trama, pensa nos desafios que os personagens dos jogadores vão enfrentar e desenvolve o desfecho para o jogo. Obviamente tem vezes que os jogadores vão virar tudo de cabeça para baixo, mas isso é outra história.

rpglivrosjogos (6)
Fantasia Medieval, Vampiro, Horror, Super-heróis…. Tem RPG para todos os gostos!

     Mas então qual o objetivo dessa bagaça? Quem ganha? Ninguém e todo mundo. Não é um jogo de disputa, a “vitória” é conquistada quando todos estão se divertindo. O objetivo é todos juntos desenvolverem uma aventura legal, tanto o mestre criando as tramas do jogo, quanto os jogadores interpretando seus personagens.

     “Mas eu conheço um cara que tem uns dez livros gigantes e gastou uma grana nessas paradas aí, eu não vou aprender uma tonelada de regras e gastar o meu dinheiro nisso, cara!”.

     O RPG em essência se baseia em um sistema de regras dos que existem aos montes por aí, de todos os tipos possíveis. Os livros obviamente custam dinheiro, e alguns podem ser bem caros. Além disso, na minha experiência pessoal, qualquer sistema pode ser um bloqueador para novos jogadores! E tentar ensinar um sistema de regras complexo para um novato é basicamente matar a vontade de jogar daquele cara que só queria se divertir. Por isso eu trouxe algumas opções.

     Algumas alternativas aos sistemas grandes e os livros caros:

1 – Usar sistemas baratos e simples é uma opção. Existem livros como o 3D&T Alpha que é um exemplo de RPG simples, com uma estética mais divertida. O pdf pode ser adquirido de graça nesse link. Com uma pegada mais clássica, o Might Blade RPG também é simples e de graça!

2 – Não use sistema nenhum! Essa é uma solução radical. As regras no RPG existem para balancear as partidas e estabelecer uma certa ordem ao mundo, evitando assim loucuras por parte do mestre ou dos jogadores. Você assim tem uma noção de que o trol se regenera e precisa ser morto com fogo, ou quantas pessoas o vampiro é capaz de controlar com sua mente. Mas todas essas regras podem ser jogadas em uma lixeira se você se diverte mais sem elas! Estabeleça alguma forma de criar aleatoriedade (um dado, uma moeda, jokenpô, par ou ímpar…) e siga narrando as coisas!

rpglivrosjogos (16)
Existem RPGs brasileiros como o Tormenta RPG.

     E eu acho que é isso. Isso é só um básico do básico, e se vocês quiserem saber mais vou deixar uns links interessantes aí:

Jambô Editora – Editora excelente de livros de RPG.

Redbox Editora – Outra editora excelente de livros de RPG.

rpgsimples.blogspot – Site com várias matérias para quem é iniciante.

brasilescola.uol.com.br – Artigo explicando o que é RPG

Nerdcast de RPG – Para ter uma boa noção de como funciona uma sessão de RPG e ainda se divertir um pouco só ouvir os episódios de RPG do Nerdcast. ^^


Livro-jogo (Ou Aventuras Solo)

     Livro-jogo é basicamente um livro de ficção normal, só que você toma as decisões importantes para o personagem principal e, consequentemente, é responsável pelo final da história. Eles costumam ser divididos em pequenos capítulos não lineares, e no final de cada um geralmente tem duas ou três escolhas de para onde você pode ir. Como no exemplo abaixo:

“A porta abre e uma criatura grande e abrutalhada sai. Possui um chifre pontudo no meio da testa, e sua pele parece ser recoberta de armadura. Rosna para saber o que você quer e exige a senha antes de deixar que você entre. Você sabe a senha?  Se souber, vá para 273. Se não, você terá que forçar a sua entrada (vá para 198) ”

   A respeito do uso de regras, existem basicamente dois tipos de livros-jogos: Os que usam regras e os que não usam.

rpglivrosjogos (5)
Se eu fosse o feiticeiro da montanha de fogo investia mais em segurança pra ver se acabava com esse monte de aventureiro invadindo em busca de tesouro XD

   Os que usam regras seguem muito a forma do RPG: eles vêm com um rápido sistema de regras, você faz uma pequena ficha do seu personagem decidindo o que ele vai ser, anota os itens e joga dados para vencer combates. Esse é o tipo dos livros da série Aventuras Fantásticas (Fighting Fantasy), que são até bem conhecidos aqui no Brasil, como O Feiticeiro da Montanha de Fogo.

   Os que não usam regras são basicamente uma leitura guiada, você apenas vai lendo e escolhendo o caminho a seguir. Confesso que nunca vi isso em um livro físico, mas muitos jogos de celular têm usado esse formato.

   E a respeito do gênero: existem de todos os tipos possíveis! Fantasia, terror, infantil, super-heróis… é só escolher.

rpglivrosjogos (2)
E também tem muita coisa bacana sendo feita aqui no brasil, como os livros do autor Athos Beuren.

   Eles são uma ótima forma de incluir pessoas em hobbys mais nerds, como RPG e literatura. Até mesmo pessoas não acostumadas com fantasia e ficção mais exageradas têm uma tendência a aceitar bem esses livros pelo fato de serem colocadas no lugar do protagonista. E também são ótimos para incentivar a imaginação e a leitura em crianças.

   Existem muuuuitos livros publicados aqui no Brasil e eles são baratíssimos. Aqui vão alguns links uteis:

Loja Nerd-Z – Um Ótimo Lugar para comprar todo o tipo de livros-jogos.

Garotas Geeks, Aventuras Fantásticas – Um pouquinho sobre a série Aventuras Fantásticas aqui no brasil.


   Bem, é isso! Espero que tenha pelo menos dado uma pequena luz nesses assuntos, facilitado um pouco a vida dos curiosos e também feito uma boa base para as próximas resenhas que virão.

Anúncios