Esse é mais um post da nossa serie mitológica aqui da Taverna, se quiser saber mais, só dar uma olhada aqui nesse link! ^^

    Poranduba – A jornada para o reencantamento do mundo é um livro escrito pelo Andriolli Costa, responsável pelo site Colecionador de Sacis. Ninguém melhor que ele para fechar o nosso mês mitológico! E ainda por cima com uma história no Wattpad.

   Há muito tempo um jovem índio foi levado de sua tribo para ser criado por um curupira. Depois de muitos anos ele retorna e, agora conhecido apenas como O Guerreiro, tem a sabedoria e o poder da natureza e dos ancestrais ao seu lado. No entanto, sua vila agora é feita de concreto e tijolos, e a corrupção e a criminalidade havia avançado muito sobre seu povo. Talvez o poder da natureza não seja o suficiente para vencer essa batalha…E a chegada de um misterioso caçador pode complicar ainda mais as coisas.

   Esse livro se passa nos tempos modernos e a magia e o sobrenatural existem, só que elas estão “nos cantos” do mundo. O misticismo aqui é apresentado de maneira muito poética. A descrição de como o Guerreiro invoca o poder da natureza para ficar mais forte, lembrando dos antepassados e da “imagem” das coisas é tão bacana e gostosa de se ler. Dá até uma textura para o universo criado pelo autor e ainda pega o tom mágico/lendário do livro. Não só o herói, mas o vilão também apresenta formas muito interessantes de poderes místicos.

   Por mais que a presença do Guerreiro seja maior, a narrativa (pelo menos até agora) se divide principalmente entre dois personagens. O Guerreiro e o Renato são os personagens que mais tiveram “tempo de tela” até aqui.

   O José Renato Encerrabodes de Oliveira (ele prefere só Renato mesmo XD ) vivia junto com seus avós em uma chacrinha longe da cidade. O garoto se vê fascinado pelas lendas e põe na cabeça que quer capturar um saci! No meio dessa busca começamos a perceber que a poluição de um abatedouro pode acabar bagunçando o estilo de vida do garoto para sempre. É bem legal acompanhar o garoto em suas aventuras, mas particularmente prefiro o Guerreiro e acabo ficando ansioso para a mudança de capítulo. XD

   Há um terceiro ponto de vista que é o do cachorro Rompe-Ferro, mas como esse não foi tão explorado até agora não tem muito o que dizer.

   O Andriolli escreve muito bem! Ele usa a prosa mais embelezada na medida certa para não ficar enfadonho. Existe poesia no conteúdo escrito. Suas descrições e o ritmo de desenvolvimento dos personagens é muito boa. Ele mantém as descrições e explicações na medida certa para te manter com aquela sensação de fascínio de estar entrando em um mundo novo. É um livro muito prazeroso de se ler.

   Toda a narrativa acontece em um primeiro nível com a missão do Guerreiro e em um nível mais subjetivo encontramos o combate da selva contra a civilização, a falta de valorização das histórias de nossos antepassados, o quanto não ligamos para os povos nativos aqui do Brasil e para a natureza que nos cerca. O guerreiro tem o objetivo de transformar o mundo de diversas formas.

   O que mais me incomodou foi a falta de ritmo no início. O prólogo e os três capítulos iniciais tem protagonistas diferentes e isso dificulta a criação de laços com a trama e com os personagens e dá um tom meio bagunçado a quem chega sem saber o que está acontecendo. Minha dica é para não se abalarem com isso e continuarem a leitura, logo depois o ritmo melhora bastante, dando o tempo necessário para cada personagem.

   Poranduba – A jornada para o reencantamento do mundo é uma história de aventura e fantasia muito divertida, mas também é algo mais. É uma jornada para redescobrir nossa própria essência. Um livro muito indicado para quem gosta de fantasia urbana, aventura e mitologia brasileira!

   E para quem quiser acompanhar mais do trabalho do autor, fiquem com alguns links aí. ^^

Site do Andriolli Costa, o Colecionador de Sacis.

Andriolli Costa no Wattpad@AndriolliCosta

Poranduba no Wattpad!

po