Olá, viajante!

Hoje é segunda-feira, dia de Resenha Nacional, e falarei sobre o livro Eternidade, da autora Letícia P. S.

Eternidade

Ficha Técnica

Nome do livro: Eternidade – A adaga de Edwan # 1
Autor: Letícia P. S.
Editora: Coerência
Ano: 2018
Páginas: 322

 

 

Sinopse

Taylor Harper só queria ser normal, mas ela era uma Vampira Branca, com o poder sobre o elemento fogo, herdeira de uma Profecia e a única capaz de matar o Vampiro das Sombras, o mais poderoso vampiro que já andou sobre a terra. Desde que abrira os olhos pela primeira vez, Taylor soube que sua vida não seria nada fácil. Nascida em meio a uma guerra na qual os vampiros de sua espécie eram forçados a fugir e se esconder, esquecendo até mesmo como usar a sua magia interior como arma, Taylor acaba se vendo dividida entre salvar aqueles que ama e salvar o mundo inteiro. O destino de todos está nas mãos de Taylor.

 

Resenha

Eu achei que havia lido coisas diferentes sobre vampiros no livro Sonho Febril, do tio Martin. Porém, no livro Eternidade, a autora Letícia P. S. criou, além de duas raças distintas (os vampiros brancos e os vampiros negros, no que tange à magia e não cor de pele), várias outras diferenças peculiares entre essas raças, como, por exemplo, a forma de fazerem suas “refeições”.

Os brancos não atacam as pessoas, mas também precisam de sangue, tanto quanto os negros. Sair ao sol, imergir na água e poderes sobre os elementos (fogo, água, terra e ar) são outras diferenças entre eles. Há, também, os raros vampiros materializadores.

A narrativa é em primeira pessoa e vai trocando os pontos de vista entre personagens, seguindo a linha temporal. Autora inseriu várias referências de músicas, filmes e games, deixando tudo mais engraçado e realista.

A protagonista deste livro é Taylor Harper, uma jovem que carrega o fardo de uma grande profecia, ficará dividida ao ter de fazer uma escolha. Sinceramente, você, leitor(a), também se questionará.

Há palavrões. Cuidado com as crianças, rs.

As cenas de tortura física, sexual e psicológica; toda a pancadaria, magia e seres fantásticos (dragões, lobisomens, sereias, bruxas, magos, gigantes) são bem realistas e dinâmicos. Imagine tudo isso se passando no século atual, que tal? Para ficar ainda melhor, eu te falo que o enredo ficou incrível!

Nosso antagonista é Lazarus ou vulgo vampiro das Sombras. Fiquei com medo de verdade. Esse conseguiu me arrepiar. Cruel. Hiper cruel!

E a história da criação da adaga é genial! A cena simplesmente foi fantástica! Me tocou profundamente! Quando lerem e compreenderem o contexto, entenderão o que estou dizendo…

No meio do livro, há um plot twist que me deixou questionando por um tempo se era mesmo verdade o que li. Fiquei sem palavras.

Uma história que fala sobre escolhas; amizade verdadeira, mesmo diante de tantas diferenças; o amor verdadeiro após a morte; amor em família; amor entre amigos; amor entre raças diferentes; e traições — em momentos em que menos se esperam.

Há uma quantidade ideal de personagens. Dá para acompanhar muito bem e se inserir na história individual de cada um e aprofundar em suas personalidades.

Faltavam exatamente quatro folhas para o livro se encerrar e eu estava agoniada com tudo que estava acontecendo. Foi imprevisível! Achei que iria acontecer uma coisa e aconteceu outra completamente diferente! (Livro dois, por favor!)

Não preciso nem falar o quanto a autora acertou na escolha da capa, não é? A edição está linda!

Você, sem dúvidas, tem de ter este livro em sua estante.

 

Interessou-se pela obra? Compre na Amazon através deste link e ajude a manter o Blog! \o/


Curte A Taverna? Quer estar por dentro de tudo que postamos e/ou produzimos? Assine nossa newsletter; curta nossa página no Facebook; e nos siga no Instagram!

Siga_nos_instagram