Saudações, viajantes!

A resenha de hoje é do livro de ficção científica do autor Thomas Oden! Uma distopia para te fazer refletir sobre o futuro que nos aguarda.

 

Ficha Técnica

Nome do livro: O Dom da Lágrima
Autor: Thomas Oden
Editora: Raízes da América
Ano: 2018
Páginas: 130

 

Dom da lágrima

 

 

Sinopse

Em um futuro muito distante as pessoas não mais trabalham, pois as inteligências artificiais dominam todos os âmbitos. Elas não precisam comer, dormir, não reclamam, não recebem salário, trabalham melhor e erram menos.

Devido a exploração espacial, os recursos tornaram-se praticamente ilimitados. E, graças aos avanços da medicina, a longevidade atinge milhares de anos.

Sem trabalhar, tendo tudo o que quiser e vivendo para sempre. Essa era a perspectiva da sociedade que viveu intensamente, aproveitando cada viagem, livro, filme e relacionamento. Mas uma hora o êxtase acabou, e a vida perdeu o propósito.

As pessoas pararam de relacionar-se, e o suicídio virou natural. Aos milhões os humanos atentavam contra a própria vida de forma inevitável.

Os sintomas que precediam a morte foram descobertos, e é ai que começa a nossa história.

Um homem, apresentando os sintomas de que vai suicidar-se e que faz de tudo para evitar seu fim. Rumando a uma luta interna permeada por crises existenciais e reflexões sobre a vida e a morte.

Uma jornada para encontrar o sentido da vida, num momento em que nada tem propósito. Uma história sobre esperança, ilusão, tecnologia e sobre o que nos torna humanos.

 

Resenha

Imagine-se em um momento onde a sociedade fora completamente substituída pela Inteligencia Artificial – IA. Os humanos não têm mais que trabalhar. Além disso a cura de todas as doenças foram encontradas.

Você pode viver por anos e anos… Você tem de tudo e pode fazer tudo o que tem vontade… você possui a vida eterna. Você já visitou todos os lugares do mundo, já leu todas as obras que teve vontade. Pode comprar tudo o que quiser.

Os relacionamentos afetivos são inexistentes, as pessoas já não têm mais filhos…

O mundo vive uma estabilidade econômica e política. Será uma espécie de Utopia?

É neste cenário que nosso protagonista Void vive. Neste mundo “utópico”, ele passa por uma fase conturbada de sua vida,  já não tem mais vontade de viver, e o tédio é sua melhor companhia no momento, os sintomas da doença começam a se manifestar.

Void escreve em um diário sua árdua batalha contra o suicídio, ele não tem mais propósitos em sua vida.

Em uma de suas atividades diárias Void acaba conhecendo Inanis, uma mulher que também está sentindo os sintomas da doença, este cruzamento entre os dois será muito importante para ambos falarem abertamente sobre a doença e despertarem para o real sentido da vida.

O Dom da Lágrima é um livro curto, porém profundo em sua essência, o autor consegue falar com muita segurança sobre o tema de suicídio, egoísmo, magoas, amor e nos apresentar muitas reflexões sobre a vida pessoal e em sociedade.

O final foi inesperado para mim, gostei demais dessa leitura e sem dúvida você irá gostar também e refletir sobre muitas coisas. Fiquei de ressaca literária.

 

Se interessou pela obra? Compre direto com o autor 😉

Te espero no próximo post!

 


Curte A Taverna? Quer estar por dentro de tudo que postamos e/ou produzimos? Assine nossa newsletter; curta nossa página no Facebook; e nos siga no Instagram!

Siga_nos_instagram